Candidatos ao governo do PSDB e Novo trocam acusações na Federasul
23/08/2018 01:11 em Notícias
 
 
Uma troca de acusações entre os candidatos ao governo do Estado Eduardo Leite (PSDB) e Mateus Bandeira (Novo) marcou o debate entre os postulantes ao Piratini realizado no início da tarde desta quarta-feira na Federasul. Leite, que vem sofrendo investidas de Bandeira desde o início da campanha, teve uma reação forte. “O candidato Mateus Bandeira é mentiroso. Mentiroso. Estou dizendo com todas as letras: é mentiroso. Ele mente e sabe que mente.” Bandeira, que solicitou direito de resposta, rebateu: “Para restabelecer a verdade: o candidato Eduardo Leite, quando eleito em Pelotas, pediu minha ajuda. Quando tomou posse, pediu de novo. E contratou a minha empresa de consultoria para organizar o escritório de gestão de projetos da prefeitura.”
 
O rompante de Leite ocorreu após Bandeira, em uma de suas respostas, direcionar críticas diretas ao tucano, assinalando que alguns dos postulantes apresentariam uma ‘diferença quilométrica’ entre discurso e prática, e emendando: “Descumpriu parcelamento de dívidas com o Banrisul, deixou de pagar contas. É importante ter coerência.” Leite, ao chamar Bandeira de mentiroso, lembrou que o candidato do Novo era o presidente do Banrisul, quando o banco adquiriu a dívida da prefeitura de Pelotas com a CEEE, e, na negociação, fez um acordo que feriu a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). “Então, quando assumi a prefeitura, para não perder milhões em investimentos, tive que renegociar com o banco. Ele sabe disso porque eu o chamei para tratarmos com o presidente à época, e tivemos que renegociar, fazer o acordo judicialmente. E agora ele vem mentir aqui.”
 
“O prefeito anterior, o Fetter Júnior, reconheceu a dívida com a CEE e fez o parcelamento. Mas ele (Leite) estava tendo dificuldade para obter financiamentos, e optou pelo caminho mais fácil. Ao invés de obter autorização e regularizar o parcelamento da dívida da cidade com o banco, que havia comprado a dívida, descontinuou o pagamento das dívidas para obter o financiamento do Ministério das Cidades. E mais, prometeu para a Câmara de Vereadores que se aumentasse o IPTU não criaria a taxa do lixo. Pois aumentou o IPTU e criou a taxa", disse Bandeira.
 
O fato de Bandeira em entrevistas, apresentações e debates mirar em Leite e elogiar iniciativas do governador José Ivo Sartori (MDB), candidato è reeleição, defendendo duas das propostas principais do emedebista, a adesão do Estado ao Regime de Recuperação Fiscal (RRF) e a privatização de estatais, já começa a gerar especulações nos comandos de campanha a respeito da formação de um acordo informal entre articuladores de Sartori e de Bandeira. Ao final do evento na Federasul, questionado por jornalistas sobre os embates, Leite disparou: “Provavelmente o propósito do Mateus Bandeira seja favorecer o Sartori.” Bandeira, por sua vez, negou qualquer aproximação com a candidatura do MDB e voltou a dizer que defende renovação na política.
 
 
 
 
 
COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!